MENINA MÁ – William March – DarkSide Books

Hello little bats!

Hoje trago mais uma resenha para vocês de mais um livro incrível da DarkSide ♥

O livro é Menina Má – The Bad Seed do escritor William March. Escrito lá por meados dos anos 50 e foi um sucesso, tanto que acabou indo parar nos cinemas.

Pena que March não pôde nem desfrutar do seu sucesso, pois faleceu logo em seguida.

Bom, o livro conta a história de uma menina de uns 8 anos bem fofa, bem educada, organizada e tudo de bom amiguinho.

Só que não…

 

DSC_0765

 

A menina de 8 anos se chama Rhoda e ela vive em um apartamento novo com sua mãe e seu pai, porém o pai da menina vive viajando a trabalho. Portanto sua mãe, Christine é quem vive só com a garota e cuida da mesma. É o tipo de mãe que vive apenas cuidando dos filhos e dos afazeres de casa e toda inocente.

Christine acabou de matricular a filha em uma escola bem rígida e seletiva. Rhoda como todos percebem, é bem independente e diferente das demais crianças, tanto que muitos dizem que ela tem atitudes maturas e acha ela até bem centrada pois ela vive estudando, lendo e se empenhando em sempre ser a melhor que todos para ganhar prêmios. Rhoda não é carente nem chorona e não gosta de afeto e nem demonstra ter afeto por ninguém, ela só consegue ser bem manipuladora, interesseira e séria.

 

DSC_0660

 

Tudo começa quando acontece um concurso de caligrafia que o prêmio seria para a criança que apresentou melhora na escrita. Rhoda se empenhou muito, porém o prêmio, uma medalha, foi para seu colega. A menina ficou muito puta da vida e sua mãe até se assustou em como ela ficou afetada e brava com aquilo.

Então aconteceu uma excursão com os colegas e as senhoras dona da escola e Rhoda participou. Para a mãe da menina tudo estava ‘tranquilo’ até ela ouvir no noticiário que houve uma acidente nesse acampamento/excursão e uma criança havia se ferido, logo em seguido anunciaram a morte da criança afogada próxima do local. Christine ficou assustada e logo foi ver de quem se tratava e viu por coincidência que era o coleguinha de Rhoda que havia ganhado a medalha.

De inicio o livro mostra bem que a mãe já tinha uma suspeita da filha pelo temperamento frio que a criança tinha, além de outro fato que havia ocorrido tempos atrás envolvendo Rhoda. (Que eu não darei spoiler e você precisa ler para saber o que aconteceu ao decorrer da historia. ;))

 

DSC_0761

 

A partir desse acontecimento Christine começa a ficar de olho na menina, e todo dia fica pensando as mesmas besteiras, no que pode ter acontecido. Ela chega até escrever cartas para seu marido, desabafava, pedia ajuda, conselhos mas guardava as cartas e nunca enviava.

A única pessoa que Rhoda não conseguia enganar com seu jeitinho doce de parecer, era o porteiro do prédio, que era tão louco e vivia conversando sozinho e pensando muitas coisas malignas com todas as pessoas ao seu redor, até resolver importunar a criança, com seu jeito sarcástico e provocador.

 

DSC_0576

 

No decorrer da históriaChristine se questiona muito e começa até a estudar e pesquisar outros casos de pessoas criminosas que tinham a mente parecida com a de sua filha. Pessoas com a mente perturbada, frias, materialistas e calculistas.

E pesquisando e estudando todos esses casos, ela encontra um que a deixa totalmente transtornada, tendo outra visão da coisa, apesar de não ser uma solução. E a partir disso temos a questão:

 


NASCEMOS TODOS INOCENTES E SOMOS CORROMPIDOS

PELO MUNDO À NOSSA VOLTA?

Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar

mesmo na mais adorável das crianças?


DSC_0732

É uma leitura bem perturbadora, confesso que causou certo desconforto quando terminei de ler hahaha.

A escrita foi perfeitamente construída, bem detalhada e é de se deixar qualquer leitor perplexo e com aquele sentimento fascínio e horror ao mesmo tempo, eu curti muito! Acredito que quando um livro causa uma emoção forte na gente seja de felicidade, tristeza ou até raiva, quer dizer que a missão dele foi concluída com sucesso. E é isso que Menina Má causa.

Eu como mãe, me colocando no lugar de Christine, sei que é foda a gente tomar uma decisão em um assunto tão delicado como esse. Afinal é um pedaço da gente, e nos culpamos por muitas coisas quando vemos certas atitudes de nossos filhos. Mas… sei que eu não poderia tolerar isso nem dar continuidade em nada muito menos deixar ele impune e nem proteger. Eu teria que abraçar esse ‘Karma’ e tentar evitar ao máximo que algo acontecesse nem que fosse isolar de tudo e de todos. É claro que na ficção é tudo mais simples a gente apontar o dedo e falar ‘por que não faz isso ou aquilo’ mas na realidade a coisa é sempre mais difícil. Não posso falar ao certo o que eu faria, porque de fato poderia muito bem não ser assim.

Mas né, espero nunca precisar me preocupar com isso hahaha até porque o Cedric é bem diferente da Rhoda (Pfvr né?) hahaha

DSC_0686

E como sempre a edição da DarkSide dispensa comentários, sempre perfeitamente diagramada, capa dura, arte impecável e história foda.

Se você ainda não tem o seu e ta morrendo de vontade de ler, compre AQUI! e ajude o blog ;D

E se você já leu posta nos comentários o que achou da trama e o que faria se fosse a mãe de Rhoda hahaha

DSC_0626

DSC_0720

DSC_0768

Boa leitura!

Compartilhe com:

FacebookTwitterGoogleTumblrPinterest


Designer, fotógrafa, modelo alternativa e mãe. Criou esse blog com o intuito de compartilhar suas trevosidades, gostos e também continuar sua missão no mundo da procrastinação.

Posts Relacionados

2 thoughts on “MENINA MÁ – William March – DarkSide Books

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *